Cursos Gratuitos para Cabeleireiros Onlines


PERGUNTAS FREQUENTES AO CABELEIREIROS.

 

Perguntas Frequentes ao Cabeleireiro: O Maior erro do Cabeleireiro é deixar a Administração do Salão para último caso, é ai que mora o perigo, quem não tem conhecimentos minimo em administração tem 90% de Chance de fecha…

Com certeza você, seja homem ou mulher, já foi repreendido em alguma época da vida pela forma como cuida dos cabelos. Seja por lavá-lo todos os dias, por não usar condicionador, por fazer uso frequente de chapinhas ou secadores, e – na ala masculina – usar boné ou passar máquina. Há também aquelas antigas lendas urbanas: “não arranque um fio branco, vão nascer dois no lugar”. Quem nunca passou por isso?

Inscreva-se no Meu Canal do YouTube, Eu Falo de Como Podemos Podemos Melhorar Cada Vez Mais Na Profissão Assista Meu Vídeo Como Faço Para Ser Instrutor de Cabeleireiros…

01-Escovas de cerdas naturais dão mais brilho ao cabelo?

Verdade. As escovas com cerdas naturais, além de fazer um polimento mais fiel da fibra, distribuem melhor a oleosidade natural dos cabelos, que a gente tem mais acentuada no couro cabeludo, resultando em um brilho ainda maior que as escovas de cerdas sintéticas.

02-Dar uma última chuveirada fria no cabelo ajuda a dar brilho?

Verdade. Funciona porque a água fria ajuda a fechar as cutículas do fio, oferecendo um brilho diferenciado. A temperatura ideal para lavar o cabelo é a fria.

03- A alimentação influencia no brilho dos cabelos?

Verdade. E como! Uma alimentação saudável contribui não somente para o brilho, mas também para o crescimento das madeixas bem como todas as partes do nosso corpo. Uma alimentação balanceada, rica em vitaminas, antioxidantes, proteínas, ferro, zinco e vitamina A e C deixa o cabelo mais forte.

04- O talco tira a oleosidade?Talco.

Verdade. O talco, como absorve a umidade que está no fio, retira o óleo que está no couro cabeludo. “Então, a pessoa que tem o cabelo muito oleoso pode usar talco, mas tem que ser bem pouquinho, pois pode fazer uma papa no cabelo”.

05-O cloro deixa o cabelo verde?

Mito. Na verdade, é sulfato de cobre, outro metal também usado para tratar a água de piscina. Este metal se liga à queratina do fio e acaba deixando a pigmentação do cabelo esverdeada. Vai aparecer mais no cabelo que é claro (louro).

06-O uso frequente de chapinha e secador podem estragar o cabelo?

Mito. O que define se vai estragar os fios de cabelo ou não é o uso correto do aparelho. É muito comum o uso da chapinha ou secador muito quente, ocasionando a quebra do fio e a desidratação dos fios. Uma dica importante é sempre aplicar um protetor térmico.

07- A qualidade do xampu influencia no volume dos cabelos?

Verdade. Cada cabelo exige um tipo de tratamento. É necessário usar produtos específicos para cada fibra, assim conseguimos controlar volume, frizz, ressecamento e outros probleminhas do tipo. Por exemplo: quem tem cabelo ralinho e quer fazer volume deve usar xampu antiresíduo, porque o resíduo se acumula na cutícula do cabelo e pesa. Se você usa xampu que tem antiresíduos, ele vai limpar mais profundamente e o fio ficar mais levinho, o que faz mais volume. Consulte o profissional Cabeleireiro.Limpeza profunda.

08-Caspa é sinal de sujeira?

Mito. A caspa é um dos sintomas de uma doença que se chama dermatite seborreica. Às vezes, a pessoa lava o cabelo todo dia, mas ainda assim tem caspa. É preciso tratar com remédio, com loção, com xampu apropriado, mas não é sujeira. Resíduos de cremes, ceras, gel, por exemplo, podem causar o surgimento desse problema

09- Xampu para caspa é eficaz? Shampoo anti caspa recomendado.

Verdade. Um bom xampu elimina totalmente a caspa, mas vale ressaltar que intercalar o uso de um xampu hidratante é fundamental, pois os xampus para caspa são bem agressivos para a fibra capilar.

10-As fases da lua influenciam no crescimento do cabelo?

Mito. Não há nenhuma comprovação científica sobre isso. Mas é algo muito pessoal. Algumas pessoas acreditam fielmente.

11- Arrancar um fio branco faz com que nasçam dois no lugar?

Mito. O fio branco arrancado apenas será substituído por outro. A tendência de ter fio branco é genética, pessoal. Quando o cabelo começa a branquear e você arranca o fio, o folículo que está do lado não necessariamente vai gerar um fio branco. O cabelo começa a ficar branco e o processo é lento, acontece os poucos. Mas, fica a dica, o melhor é não arrancar.

12- O estresse pode causar queda de cabelo?

Verdade. É uma das grandes causas de queda de cabelo da atualidade.

13- Dietas radicais podem fazer o cabelo cair?

Verdade. Se a alimentação não for saudável podemos ter problemas com cabelos, pele e muitas outras partes do corpo. Uma alimentação saudável, conciliada ao uso de bons produtos, é uma garantia de cabelos lindos.

14- Gestantes não podem colorir os cabelos?

Verdade. Segundo a dermatologista, as tinturas contêm muita química, inclusive chumbo, que não são permitidos na gestação.

15- Esfregar as pontas com xampu deixa o cabelo ressecado?

Verdade. Na lavagem dos cabelos devemos esfregar somente o couro cabeludo. O comprimento meio/ponta dos cabelos não retém sujeira, apenas odores. Apertar e fazer movimento de cima para baixo nos meios e pontas é o suficiente para fazer a limpeza. Mas deve-se lavar o cabelo da raiz à ponta, para ele ficar limpo.

16- O uso de boné faz cair o cabelo?

Mito. O boné não seria o fator predominante na queda. Mas pode, sim, agravar e acelerar a queda do fio se a pessoa tiver, por exemplo, uma dermatite seborreica. O boné vai abafar o cabelo e aumentar a seborreia, e é ela, em excesso, que faz cair o cabelo.

17- Dormir de cabelos molhados faz mal?

Verdade. O ideal é lavar as madeixas horas antes de dormir. Porque ele vai ficar úmida, abafada e facilitar a proliferação de fungos e caspa, e isso leva à queda de cabelo.

18- Calvície tem tratamento?Tratamento anti queda.

Verdade. Hoje temos tecnologia, produtos – como medicamentos via oral, loções, lasers – e profissionais muito competentes na área que são capazes de retardar consideravelmente a calvície, Consulte sempre um profissional Cabeleireiro

Continuar lendo.
Curso como Administrar meu Salão.
Salão de Cabeleireiro quais as minhas maiores dificuldades.

Alergia a Tinta de Cabelos Como Prevenir.

“Eu sentia como se tivessem derramado gasolina sobre minha cabeça e tivessem acendido um fósforo”, contou Qual o Maior Erro do Cabeleireiro? O Maior erro do cabeleireiro é deixar a Administração do Salão para último caso…

CORTE LONG BOB.

O long bob!, não é novidade, não é mesmo? Mas esse é o look mais versátil e moderno que você pode pedir, Se houvesse uma nomeação para o Óscar/2015, na categoria cortes de cabelos, o “Bob” sem dúvida seria o vencedor. Es…

Como Funciona o Processo de Matização dos Cabelos.

Quando se trata de mudar a cor dos cabelos, muitas pessoas têm a ideia de que basta tingir com uma nova cor para se livrar da atual. Porém, o fato é que passar uma nova tinta por cima da cor indesejada pode ser um erro. O colorista Carlo Roman explica que os fios devem passar por um processo chamado matização, que “neutraliza, acrescenta ou intensifica alguma cor para chegar ao tom desejado”. A diferença da matização para a coloração comum é o tempo de espera para a tintura agir: “o que 40 minuto com uma tinta comum e 5 minutos com tonalizantes, esclarece o colorista.”A Regra mais Importante para o Cabeleireiro é saber Como Administrar o Seu Salão, de nada adianta ganhar rios de dinheiro e entrar por um lado e sair pelo outro”

Segundo o colorista, o processo é usado principalmente pelas loiras e ruivas tingidas: “as loiras querem tirar o aspecto amarelado. Já as ruivas querer mudar o tom do cabelo e não conseguem Uma forma de renovar o visual rapidamente é matizar novamente as luzes antigas. Com o passar do tempo, a tintura pode ficar com aparência alaranjada ou amarelada. Depois de matizadas, elas serão neutralizadas com o tom anterior do cabelo. Por isso é importante ter o cuidado de acertar a cor.

Como toda tintura agride os cabelos, antes de pintá-los, é fundamental realizar um  tratamento para fortalecimentos das madeixas, e da continuidade com Hidratação Profunda apos todo procedimento químicos.

  • Tom – também traduzido como matiz ou tonalidade (do inglês: hue) é fisicamente o intervalo de longitude de onda entre o qual se pode escrever uma determinada cor. Na prática, é a característica que faz com que possa se reconhecer uma cor como sendo vermelha, uma outra como sendo azul, e assim por diante.
  • Luminosidade – também chamada de claridade (do inglês: lightness) é a característica que faz com que a cor apareça mais clara ou mais escura do que uma outra, independentemente de sua saturação.
  • Saturação – termo também conhecido como pureza ou vivacidade (do inglês, pelo grego: chroma) é o atributo da cor que indica o grau de saturação de uma cor em termos do seu conteúdo cromático. As cores da natureza são sempre mais ou menos saturadas. As cores mais saturadas são aquelas que não são originárias de pigmentos, mas sim de fenômenos interferenciais. No procedimento fotográfico, especialmente no indireto (negativo-positivo ou positivo-positivo), a saturação do corante tem uma função determinante na qualidade do resultado final

REAÇÕES QUÍMICAS.REAÇÕES QUÍMICAS.

Alisamentos e suas reações, que Deus esteja sempre no comandos para que isso nunca aconteça.Só isso não basta para evita danos ao seus cabelos não arrisque em hipótese nenhuma fazer uma química em casa procure sempre um

ALISAMENTOS.

O processo de alisamento pode ocorrer mecanicamente através da pressão ou quimicamente através de relaxantes. O primeiro processo, geralmente, envolve metais com alta temperatura que modificam as ligações de hidrogênio mais fracas e o segundo processo é muito semelhante aos permanentes, mas ao invés de resultar em cabelos cacheados, resulta em cabelos lisos. Agentes redutores alcalinos são utilizados para a quebra das pontes de dissulfeto do córtex, o cabelo é mecanicamente alisado com o auxílio de pentes durante a utilização de soluções redutoras alcalinas, as pontes de dissulfeto são reestruturadas de acordo com a nova forma e consolidadas com o uso de agentes oxidantes.

Hidróxido de sódio e hidróxido de guanidina são os relaxantes mais efetivos. Da mesma maneira que os permanentes, o processo de alisamento pode provocar diversos danos à fibra capilar devido ao uso de agentes redutores e oxidantes.

DESCOLORAÇÕES

Descoloração é um processo que altera o conteúdo de melanina natural existente no córtex da fibra capilar. A exata bioquímica do processo ainda não é totalmente compreendida, utilizam-se soluções alcalinas de peróxido de hidrogênio com concentração superior a 12%. Inicialmente, o peróxido de hidrogênio é armazenado em soluções ácidas e adicionado às soluções alcalinas no momento do uso, amônia é a substância mais utilizada nas soluções alcalinas. O grau de descoloração ocorre de acordo com o tempo de contato, cabelos mais escuros exigem maior tempo. A descoloração envolve duas fases, na primeira ocorre dispersão e dissolução dos grânulos de melanina e na segunda ocorre uma lenta descoloração. Na fase de dispersão e dissolução ocorre a destruição de diferentes ligações que mantém a estrutura das partículas de pigmento, na fase da lenta descoloração, as estruturas poliméricas da melanina são quebradas. Diversos danos podem ser causados por este processo, a reação de oxidação não altera somente os grânulos de melanina, ela também destrói algumas pontes de dissulfeto dentro das queratinas provocando o enfraquecimento da estrutura da fibra.

TINTURAS

Existem três tipos principais de tinturas capilares, as permanentes, as semipermanentes e as temporárias. As tinturas temporárias são formadas por pigmentos de alta massa molecular solúveis em água, estas tinturas são removidas através de uma única lavagem. As tinturas semipermanentes penetram na cutícula e parcialmente no córtex do cabelo, como resultado, a coloração resultante pode resistir de 5 a 10 lavagens. As tinturas permanentes são classificadas em oxidativas e progressivas, as oxidativas consistem em componentes que são misturados, antes do uso, e que geram a tintura por reações químicas sobre e dentro da fibra capilar. As progressivas utilizam tinturas metálicas como sais de chumbo, bismuto ou prata. As partículas metálicas interagem com os resíduos de cisteína presentes na queratina e acumulam-se nos fios de cabelo, mudando gradualmente a cor. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARALDI, J.; GUTERRES, S.S. Tinturas capilares: existe risco de câncer relacionado à utilização desses produtos?

Mulher perde o cabelo após passar por procedimento em salão do São Bernardo

Laudo médico constatou que o couro cabeludo de Sinara Santos Sá ficou muito ferido devido a queimaduras. A suspeita é que o cabeleireiro tenha usado um produto à base de formol

Uma jovem teve o cabelo danificado e corre o risco de ficar careca depois de utilizar um produto que prometia alisar os cabelos em poucos minutos. O caso ocorreu no último dia 19 em um salão de beleza localizado no bairro São Bernardo, em São Luís.

De acordo com Sinaria Santos Sá, ela frequentava o salão há quase dois anos, mas nunca havia feito o procedimento conhecido como selagem. Ao usar uma mistura feita pela dona do salão, supostamente à base de formol, sentiu fortes dores no couro cabeludo, mas já era tarde demais, pois já havia perdido grande parte do cabelo.

A cabeleireira, que também é proprietária do salão, costumava fazer a prova do toque para identificar a resistência do cabelo em relação ao produto. No entanto, segundo a vítima, no dia do incidente, a profissional apenas fez a mistura e aplicou no cabelo da cliente. Em instantes ela sentiu uma queimação e fortes dores na cabeça.

Sinaria relata que informou à cabeleireira sobre as dores e foi alertada de que era totalmente normal. Passados alguns instantes, com forte cheiro de queimado, a profissional pediu que a touca fosse tirada, mas já era tarde. A jovem já havia perdido parte do cabelo e estava com ferimentos nas partes onde o produto teve contato.

“Ela não realizou a prova do toque, apenas fez uma mistura de produtos e colocou no meu cabelo. Ela passou o produto e, cinco minutos depois, minha cabeça começou a doer muito. Fui lavar o cabelo e ele começou a cai inteiro”, conta Sinaria.

Depois a cabelereira chamou a cliente para o lavatório começou a passar um produto atrás do outro, e nada resolveu as dores.

Sinaria descreve que se desesperou, começou a chorar e a gritar por conta da situação. Para ela, a proprietária do salão não prestou a devida assistência, e ainda culpou a cliente pelo problema. Em seguida, a vítima entrou em contato com a irmã que se dirigiu ao estabelecimento, e percebendo seu estado abalado, também se descontrolou e jogou alguns produtos no chão.

O caso foi encaminhado no mesmo dia para o Plantão Central de Polícia Civil da Cidade Operária, onde o Boletim de Ocorrência foi registrado e as partes envolvidas foram ouvidas. O caso está sendo averiguado.

Em contato com o salão onde foi realizado o procedimento capilar, a proprietária se recusou a conceder entrevista. Entretanto, assegurou que não faz manipulação com formol em seu estabelecimento, e apenas utilizou produtos de relaxamento e hidratação. O salão é registrado há dois anos, mas já realiza serviços estéticos há sete anos. “Nunca houve um caso assim antes” apontou a dona. Ela também alegou que foi prejudicada porque a irmã de sua cliente lhe causou um prejuízo de R$ 2.700.

Já Sinaria, ainda abalada, disse que não consegue mais ter uma vida normal depois do episódio que danificou seu cabelo completamente.

Alerta

Todo profissional precisa sempre estar atento aos produtos químicos que vai usar em seus clientes. Muitas vezes, o cabelo já recebeu químicas anteriores e, por isso, saber se o cosmético usado anteriormente é compatível com o atual é fundamental.

Os profissionais alertam que procedimentos à base de química precisam ser sempre os mesmos para que não haja danos ao cabelo do cliente.

Os cabelos sem coloração ou alisantes são considerados mais resistentes do que os fios que já receberam algum tipo de química. O correto é sempre fazer uma análise cuidadosa antes de iniciar o procedimento.

Os chamados testes de mechas são primordiais para garantir o bom resultado final e provar que não haverá qualquer tipo de prejuízo ao cabelo do cliente.

 …

ALOPECIA E SUAS CAUSAS.

O que pode causar Alopecia. O uso de produtos como tinturas, água oxigenada, permanentes, alisantes e descolorantes, o uso de medicamentos para combater doenças como hipertensão e depressão, e também o stress, podem enfr…

 

SAIBA COMO FUNCIONA A FORMAÇÃO DO CABELO!SAIBA COMO FUNCIONA A FORMAÇÃO DO CABELO!

Vamos trocar conhecimentos!  Cabeleireiros Profissionais com foco no aprendizado  e na importância de novas fontes de conhecimentos. seja bem vindo ao Profissão Cabeleireiros. Qual o Maior Erro do Cabeleireiro? O Maior e…

 

 

Visagismos e seus Benefícios.

                      A Importância do Visagismo Para o Profissional da Beleza. O cabeleireiro se coloca ao lado, ou atrás, da pessoa sentada em frente ao espelho, a cumprimenta-a e começa a conversar, buscando saber

 

Principais doenças que afeta o profissional Barbeiro.

Principais Doenças que Afeta o Profissional Barbeiro. Aprenda como Administrar seu Salão de Beleza. Tipos de reações alérgicas: Hipersensibilidade imunológica é o termo médico para uma reação exagerada do sistema imune

Estrela de Oswald Desvendando seus Mistérios.

COLORIMETRIA Para qualquer trabalho de micropigmentação, um conhecimento adequado de colorimetria é indispensável.

Entender como a cor de um pigmento pode “reagir” após a interação com a melanina nos leva a entender porque uma tonalidade se deu mais clara, mais escura, mais acinzentada ou mais avermelhada no cabelo após alguns dias de transcorrido o procedimento.
Ao escolher tonalidades   para uma micropigmentação devemos levar em consideração fatores como a identificação correta da cor do cabelo ou pele do cliente (melanina) e o fundamento da cor do pigmento escolhido.
AS CORES:
É a partir delas que poderemos fazer todos os cálculos, sejam eles matemáticos ou não. Estes cálculos, permitirão que nossos trabalhos alcancem com sucesso o objetivo desejado.
A Estrela de Oswald é o centro de tudo. Com ela entenderemos a ciência e a matemática das cores. Ela nos mostra como neutralizar tons indesejáveis, formar cores, entender suas misturas,etc.
Cores primárias: são cores que não dependem de outras para existir.
Cores secundárias: são a mistura de duas primárias.
Sem luz não há cor. A luz branca é a união de todas as cores. Por isso a cor de um objeto é a que ele não absorve. Um objeto amarelo absorve os raios vermelhos e azuis, e por não absorver o raio amarelo, ele o difunde. Assim o vemos amarelo Cores quentes. São cores como o vermelho, amarelo, laranja. Assim são chamadas por serem mais vibrantes, “alegres” e mais próximas do calor.Cores frias. São cores como o azul, roxo, verde. Assim são chamadas por serem cores menos vibrantes, “tristes” e mais próximas do frio Para neutralizar uma nuance basta ter em mente a seguinte regra:
neutralizam-se uma cor primária com uma secundária, e vice e versa.para neutralizar uma cor primária, basta utilizar a secundária que seja a mistura das outras duas primárias.para neutralizar uma cor secundária, basta utilizar a primária que não faça parte de sua mistura.

Anúncios

||🔴||-Deixe um comentário ou uma sugestão de vídeo ou postagem para o Prof. Tony Lima👇

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Rua Benedetto Marcello 74 Pq Brasil SP Cep 04843-225 5511970948380 escolaunihair@hotmail.com Horário de Funcionamento. Segunda à Sábado das 09:00 as 16:00hs